Logo site 300px.png
 
 
Família e Sucessões

 

 

Ninguém está livre de se deparar com uma situação de conflito familiar, um falecimento, ou mesmo uma situação difícil, mesmo que não haja discordância.

 

Acontece que, normalmente, o bem mais importante a ser preservado no Direito de família e nas sucessões, é a relação familiar.

 

Na maioria das vezes, o que gera conflito é o desconhecimento do que é ou não o direito de cada um.

 

No caso das sucessões, normalmente os conflitos envolvem o que foi dito ou prometido pelo ente falecido ainda em vida, o que poderia ter sido evitado com a contratação de um profissional, no momento certo, para evitar tais problemas, como por exemplo, com a confecção de um testamento. 

Família e Sucessões.jpg

Nestes casos, é sempre recomendável a contratação de um advogado de confiança, para correto entendimento e atendimento da legislação aplicável e para a correta orientação sobre as opções disponíveis na legislação.

 

Existem exigências legais, tributos devidos e situações importantes que precisam ser resolvidas e não podem esperar que o momento difícil passe.

 

Nem sempre tais situações dependerão de um processo judicial, como é o caso do divórcio amigável e do inventário extrajudicial, mas em todos os casos, o primeiro passo é contratar um advogado.

 

Existem requisitos que autorizam ou não a resolução pelo meio extrajudicial, existem caminhos que envolvem mais custas e taxas e outros que envolvem menores gastos.

 

Sou advogado especialista em direito cível, com larga experiência em direito de família e sucessões. não deixe de entrar em contato.

 

 

por Fabio Nery, advogado, OAB/SP nº 351539.

www.fnery.adv.br

f.nery@adv.oabsp.org.br

 

 

Leia também:

 

 

Ações indenizatórias: Dano moral, dano material e lucros cessantes

 

Composição amigável de conflitos

 

O Juridiquês e o interesse do representado: o que vem primeiro?

 

Ações Tributárias

 

Consultoria Jurídica

 

Defesa Judicial

 

Declaração do imposto de renda